Município de Castro Daire

Almofala

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Os lugares de Almofala e Bustelo compõem esta freguesia com 280 habitantes. Dista da sede do concelho 20 quilómetros e possui uma área de 1 859,62 ha. Durante a Idade Média, Almofala, esteve ligada ao Convento Cisterciense de Tarouca – primeiro mosteiro em Portugal de observância beneditina. Os monges desbravavam terras despovoadas que cultivavam por administração directa.

D. Afonso Henriques protegeu-os concedendo-lhes direitos e rendas em muitas terras povoadas, onde se enquadra Almofala. Em 1248 as dioceses estavam interessadas em receber regularmente os seus dízimos recolhidos em todas as paróquias, assim, o Bispo e o Cabido de Lamego acordaram com o mosteiro receberem de Almofala dez moios de pão por cada ano. Nos finais do Neolítico aparecem, um pouco por todo o concelho, vestígios da presença humana. Em Almofala, no sítio designado “Pedra D’Arca”, existem sinais de duas mamoas, terá também havido um dólmen, que os populares chamavam de casinha, justificando, assim, um povoado em que a sua sustentação económica era baseada na agricultura e pastorícia. Da época romana existe uma via que passava em Tarouca, Almofala e Bustelo, com direcção a Corgo do Altar, Mourisca, Domingueiros, Fráguas até Viseu.

Esta via encontra-se perfeitamente documentada em Almofala por um troço lajeado, tipicamente romano e, possivelmente, por uma ponte designada a Ponte do Touro. Aquando da constituição do concelho de Castro Daire, as terras que pertenciam ao Julgado de Tarouca foram anexadas nele, à excepção de Almofala que continuou no concelho de Mondim da Beira. Este foi extinto em 1896 e Almofala ficou a pertencer ao concelho de Armamar e, dois anos depois, ao de Castro Daire. A freguesia de Almofala é constituída por um aglomerado de casas simples, ladeando a sua igreja matriz reconstituída no século XVII.

Actividades económicas
Agricultura
Pecuária
Comércio

Feiras: Mensal (2ª quarta-feira de cada mês)

Orago: Divino Espírito Santo

Festas e romarias
Senhor da Boa Sorte - Almofala (4º domingo de Julho)
Senhor do Bom Pastor - Almofala (1º domingo de Agosto)

Património cultural e edificado
Igreja paroquial
Capela de S. Domingos - Almofala
Capela Santa Bárbara – Almofala Capela de Bustelo
Cruzeiro no largo do Castanheiro – classificado Monumento Nacional

Locais turísticos
Serra de Santa Bárbara
Parque de Merendas do Rio Varosa
Parque de Merendas e Parque Infantil em Almofala (junto ao campo de futebol)
Moinho da Quinta – Almofala
Forno do Cimo do lugar – no activo

Gastronomia
Queijo da serra
Presunto
Fumeiro

Artesanato
Tecelagem de linho e de lã
Serralharia
Museu (junto a igreja)

Instituições em Almofala:

- Jardim de Infância
- Escola 1º CEB
- Associação Desportiva, Cultural e Recreativa de Almofala